top of page

“Levei unfollow e fui bloqueada por Mayra Cardi por fazer uma imitação dela”, diz Dani Calabresa

A comediante fala sobre carreira, o papel da mulher no humor e lições de vida no último episódio do podcast Sala de Espera, que está disponível no YouTube





Foi ao ar no último domingo, 13 de novembro, mais um episódio do podcast Sala de Espera, no YouTube. Desta vez, o dermatologista Daniel Dziabas e o personal stylist Yan Acioli receberam a comediante, atriz, apresentadora e produtora Dani Calabresa. Durante a conversa, a apresentadora falou sobre carreira e humor, além de contar histórias exclusivas de sua vida. Estreado no dia 30 de junho deste ano, a série de podcast já recebeu diferentes convidados como Preta Gil, Sérgio Marone, Manu Gavassi, Gkay, Gabriela Prioli, Pequena Lô, Juliana Paes, Mariana Rios, Lala Rudge, Fernanda Motta, Marco Antônio de Biaggi, Mirella Santos e Thelminha.

Ao ser perguntada sobre sua habilidade de imitar pessoas, a comediante diz: “É engraçado você reparar no trejeito da pessoa, no sotaque. É uma forma de imortalizar a pessoa como por exemplo a Hebe. Ela foi uma mulher que merece ser lembrada, que falou coisas super importantes... Eu imitei a Hebe já, ela me chamou. E aí você fala `Olha que legal`.” Dani ainda comenta que as suas imitações acontecem naturalmente: “A única que eu estudei foi a Dona Catifunda, pois era uma homenagem à Escolinha do Professor Raimundo e a personagem não é minha, foi criada pela Zilda Cardoso. Então eu tinha que fazer a personagem como ela é, então eu fui estudar os jeitos dela, mas foi a única que eu fiquei estudando bastante”.

Os apresentadores comentam que Dani foi uma das primeiras mulheres em um momento onde assumiram um outro papal no humor, o papel de protagonista. A comediante comenta que: “Quando criança, eu assistia todos esses programas que eram super engraçados, mas só tinham homens protagonistas. Débora Block, Claudia Raia, Ingrid Guimarães, Heloisa Perisse, Marisa Orth, Claudia Gimenez, essas mulheres foram batalhando um caminho pra mim, pra Tatá, pra Katiuscia.”

Conhecida por ser engraçada de forma natural e descontraída, Dani diz que sempre se sentiu confortável em fazer as pessoas rirem. “Desde criança eu tenho a sensação que as pessoas darem risada de mim ou do que eu falei, não tem a ver com vergonha, eu tenho orgulho, é uma sensação muito prazerosa.” A comediante, que sempre compartilha em suas redes sociais suas inúmeras idas à Disney, diz que é apaixonada pelas princesas, mas que nunca quis desempenhar esse papel quando pequena: “Eu nunca quis ser a princesa no teatro. Todos queriam ser o principal, mas eu queria me desafiar, ser a mendiga, usar peruca, ser engraçada”.

Ainda durante a entrevista, Dani conta ainda que levou unfollow e foi bloqueada por Mayra Cardi: “Eu fiz uma imitação dela, eu falei: ‘não pode comer pão` e foi uma homenagem. Eu vejo os vídeos dela, eu acho divertido, então eu fiz. Aí um dia alguém falou ‘A Mayra fez um vídeo` aí eu falei que para mim não aparecia. Então na verdade nem foi unfollow, eu fui bloqueada.

No final do episódio, Dani comentou como é sua relação consigo mesma: “Eu me vejo a mesma menina que sempre fui, só que realizando sonhos que eu tinha. Eu me vejo ainda menina, mas também me vejo mulher. Eu hoje consigo enxergar que sou uma mistura das pessoas que eu mais amo na vida, que são meu pai e minha mãe, me pareço também minha irmã e minha avó, minha família. E que eu consegui com esse rosto realizar meus sonhos. Eu não precisei mudar, atender uma expectativa, não tive que seguir nenhum padrão, com meu sotaque. Com celulite, com sardinhas, com marcas de expressão, mas vivi e continuo vivendo coisas maravilhosas sendo quem eu sou. Tenho orgulho”. “É um exercício diário se amar. A felicidade não é eterna, a confiança não é eterna, nós precisamos regar diariamente. Não podemos nos cobrar tanto e nos comparar. Nós não temos tempo para perder.”

Ambientado na sala de espera da clínica do Dr. Daniel, em São Paulo, o podcast tem novos episódios quinzenalmente. A entrevista completa já está disponível no canal “Sala de Espera – PodCast” no Youtube ou através do link: https://youtu.be/OBsEIa1PVCc

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page