top of page

Mês do autocuidado: a região íntima também merece atenção

Cuidar da vulva é algo natural e deve fazer parte da rotina de cuidados


Em 2011, a Organização Mundial da Saúde (OMS) instituiu o Dia Internacional do Autocuidado, celebrado anualmente no dia 24 de julho. A data abrange muitas esferas, indo da mente aos cuidados com o corpo, porém, pouco fala-se sobre o autocuidado com a região íntima. Segundo pesquisa realizada pela empresa britânica YouGov, 50% das mulheres entrevistadas afirmaram não saber a diferença entre os orifícios (uretra e canal vaginal) do órgão sexual feminino. O resultado deve-se à falta de conhecimento da própria anatomia, por não explorarem a região.


Falar sobre higiene íntima deveria ser muito simples, porém ainda é um grande tabu. Por se tratar de algo considerado “secreto e escondido”, esse assunto acabou se tornando um mistério do qual ninguém fala. Vejo isso diariamente em consultório e nos projetos sociais que conduzo sobre saúde íntima e educação sexual na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro”, indaga Viviane Monteiro, ginecologista especializada em medicina fetal e gestação de alto risco, parto humanizado e saúde da mulher.


Andreia Quercia, fundadora da B.O.B, que recentemente lançou um sabonete íntimo em barra com o objetivo de colocar em pauta a importância do cuidado com a higiene e saúde íntima conta que “A higiene da região íntima está sempre cercada de tabus e padrões pré-concebidos que foram sendo construídos com o tempo a partir de visões erradas. É um assunto cheio de “pode” e “não pode”.


Na hora da higiene íntima, não podem surgir preocupações com o que os outros vão pensar: o importante é aproveitar o momento para se conhecer a fundo e, principalmente, cuidar da saúde”.


Já a Lubs, marca referência em sexual-care com fórmulas naturais e veganas, pioneira no movimento de skintimate no Brasil, lançou o Sérum Íntimo Hidratante Reparador, criado com o propósito de ser um produto para o cuidado com a região íntima, hidratando por 24 horas a região. Composto por ativos como ácido hialurônico nanoencapsulado, aloe vera, calêndula, vitamina E, melaleuca nanoencapsulada, além de ação prebiótica, rápida absorção, sem fragrância e testado dermatologicamente e ginecologicamente.


O autoconhecimento é fundamental, pois ao praticar cuidados, adquire maior conhecimento da região. Quantas vezes você analisou a sua região íntima com um espelho? Não pode abrir a perna, não pode colocar a mão, se masturbar é errado... Mulheres crescem ouvindo frases que as colocam no caminho oposto do autoconhecimento corporal”, conta Chiara Luzzati, CEO e fundadora da Lubs, empresa especializada em sexual-care.


O skincare íntimo é tendência fora do país, porém pouco falado no Brasil. Mais do que um passo adicional na rotina de beleza, ele representa um movimento de entendimento, cuidado e conexão com os órgãos sexuais, para além do prazer.

No Dia do Autocuidado explore sua intimidade, celebre sua individualidade e descubra seu corpo por inteiro.


14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page