top of page

Carta para Minha Mãe conta história real de conflitos entre mãe e filha

Em um livro marcante, a jornalista e escritora Regina Valente fala sobre suas tristezas, angústias e conflitos com sua mãe e mostra caminhos para a compreensão e o perdão nessa relação


Regina Valente - autora do livro Carta para Minha Mãe.



Escrito durante a pandemia, entre 2020 e 2021, o livro Carta para Minha Mãe (edições Besouro Box, Porto Alegre), da jornalista Regina Valente, conta uma história real de conflitos e mágoas entre mãe e filha, ao longo de 39 anos – idade da autora quando sua mãe faleceu, em 2019, em decorrência de complicações do mal de Alzheimer e do tabagismo.






A história começa com o duro (mas necessário) relato sobre os momentos que precederam a morte da mãe. A autora conta como o desgastante processo causado pelas doenças que acometeram sua mãe, mexeu com sua estrutura emocional e visão de mundo. Ao longo de 136 páginas, Regina perpassa sua própria história e traz uma importante reflexão: mesmo com os episódios de agressividade da mãe, que sofria de problemas mentais e emocionais severos, a jornalista nunca desistiu de reconstruir a relação com a mãe e sempre acreditou na força do amor que as unia. Mais do que um relato pessoal, “Carta” traz a visão sensível, simples e profunda de uma mulher que cresceu em uma estrutura familiar muito comum nas casas brasileiras: filha de mãe solteira de pai desconhecido, Regina foi criada pela avó, com o apoio da tia, em um ambiente dominado por mulheres e poucas referências masculinas.


“É uma história real, com desavenças e mágoas, mas que mostra que precisamos nos esforçar e buscar o perdão. Espero que possa inspirar filhos e mães a resgatarem o amor verdadeiro”, finaliza Regina.


O livro está à venda no site da Besouro Box, nas principais livrarias (físicas e online) e marketplaces do Brasil.

104 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page