top of page

Aumento crescente de separações e divórcios amplia busca por serviços da iDivorciei

Atualizado: 3 de mar. de 2022

Programa Virando a Página e descontos em cursos profissionalizantes são alguns dos benefícios que ajudam divorciados a recuperar a autoestima e a recomeçar a vida


Foto divulgação: banco de imagens


O movimento de processos de divórcio consensual nos cartórios foi intenso em 2021. Em meio à pandemia da Covid-19, eles registraram números recordes: 77,1 mil divórcios. De acordo com o Colégio Notarial do Brasil - Seção São Paulo (CNB-SP), o volume é o maior desde 2007, quando passou a ser possível realizar esse procedimento fora do Judiciário, autorizado pela Lei nº 11.441, que completou 15 anos este mês.

Diante deste cenário, os serviços da iDivorciei vêm sendo cada vez mais procurados; principalmente aqueles voltados à saúde emocional, moradia e assessorias jurídica e financeira. A plataforma também acaba de lançar o Virando a Página, primeiro programa que oferece gratuitamente serviços de beleza para divorciados, graças à parceria com o Instituto Embelleze. Mas não é só. A iDivorciei está presenteando o público 'divor' com 10% de desconto em todos os cursos do Embelleze. São mais de 20 cursos profissionalizantes na área da beleza, como cursos de maquiagem, design de sobrancelhas, manicure, cabelos, entre outros. ""Nossa proposta é dar toda a ajuda possível às pessoas que estão enfrentando situações difíceis em razão da separação. Além de frustação, solidão, tristeza, há também muita necessidade de trabalho após o fim de uma união conjugal. Por isso, é de extrema importância contarmos com parceiros como o Embelleze. São mães solo que não possuem renda; pais que precisam mudar de profissão para pagar pensão, entre tantas outras situações. Este desconto nos cursos vai ajudar muita gente!", Calila Matos, fundadora e CEO da iDivorciei.

Os interessados podem obter mais informações por meio do site e das redes sociais da iDivorciei; e também acessando o site programavirandoapagina e clicando em "Quero recomeçar".

Não é necessário estar legalmente divorciado para participar dos programas e benefícios.


1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page