top of page

Ótica Center aposta no crescimento do setor ótico para entrar no mercado

A empresa soma 40 anos de mercado e recentemente entrou para o franchising com investimento a partir de R$ 362 mil e já soma 12 unidades; Marca busca expandir lojas nos principais centros comerciais populares de todo Brasil



O mercado óptico está em curva de crescimento considerável no Brasil. Em 2021, comparado com o ano anterior, cresceu 9,7% e a perspectiva para este ano é que atinja crescimento de 8,9% representando um faturamento de R$ 193,2 bilhões. A indústria vem acompanhando essa curva e apresenta novas coleções com maior frequência que o habitual.

Por conta da atual necessidade que a população tem para enxergar e usar óculos, estima-se que o mercado cresça 20% nos próximos 10 anos, segundo a Abióptica (Associação Brasileira da Indústria Óptica). Isso beneficia a abertura de franquias óticas. Exemplo disso é a Ótica Center, que após 40 anos de mercado, uniu a expertise adquirida ao longo dos anos para partir para o franchising ampliando sua atuação pelo país.

De pai para filhos

A história da Ótica Center começa em 1979, na cidade de Mauá (SP), quando o senhor Yoshio abriu uma pequena ótica, na época chamada Rubi, que apesar do porte foi cativando mais e mais clientes e se tornou símbolo de tradição, qualidade e preços justos na cidade.

Depois de muitos anos no mercado e percebendo sua evolução, em 2005 seus filhos Laerte Yoshio e Marcio Kendi, nascidos nos negócios da família, perceberam que alguns diferenciais da empresa criada por seu pai garantiam ao negócio uma rentabilidade e fidelização muito maior do que os da concorrência. Foi quando Laerte e Marcio se associaram a executivos da área do marketing, crédito, jurídico e franquias para criar a Ótica Center em 2020.

“Em 2020, a pandemia alterou drasticamente o cenário do ramo de ótica, tornando a presença digital um fator de sobrevivência. Tendo em vista esse novo cenário, foi quando criamos a marca Ótica Center, um modelo omnichannel, que integra o atendimento online e o físico, e oferece uma experiência única ao público. O modelo de negócio inovador tem a loja virtual como base, possui uma central de atendimento e vendas online, uma central de agendamentos que dá suporte para lojas físicas e outros recursos que oferecem mais comodidade e poder de escolha para os consumidores”, explica Laerte Yoshio, diretor de expansão da franquia Ótica Center.

A família se redescobriu nos negócios e resolveu criar um modelo de ótica inovador. As bases do novo modelo seriam, estrutura física moderna e com diversas comodidades para os clientes, tecnologia avançada para facilitar o atendimento, treinamento e capacitação de funcionários, grande mix de produtos com marcas próprias e foco no público de classe C, tudo isso aliado com alto potencial de ganhos aos franqueados.

Foi assim que nasceu, em 2021, a Ótica Center Franquias. Resultado dessa integração da experiência de mais de 40 anos de seus fundadores no ramo ótico e de anos em conhecimento adquiridos na gestão de grandes multinacionais e empresas do setor de tecnologia.

Ótica diferenciada

A Ótica Center conta com um mix de produtos com marca própria e exclusiva, posicionadas para público-alvo específico; crediário próprio; atendimento humanizado com profissionais capacitados pelo centro de treinamento exclusivo (CTUC - Universidade Center); suporte para franqueados com reuniões semanais; maior presença digital de marketing no ramo ótico; laboratório digital próprio em todas as lojas; markup superior às demais redes do mercado (por trabalhar com marcas próprias exclusivas); parceria com artistas reconhecidos para alavancar visibilidade da marca; suporte na prospecção de ponto comercial; suporte da equipe na implantação da unidade.

Por ser uma franquia com preços populares, a partir de R$ 49,90, a marca foca em clientes da classe C, com peças destinadas a homens, mulheres e crianças, sendo que a venda de óculos de grau representa 90% das vendas em toda a rede. Há ainda peças mais robustas, como as marcas Ticiane Pinheiro Collection (garota propaganda e embaixadora da rede), Vero, Yves, Swell, Bergman, Frans, M. Parker, College, que podem chegar a R$ 470, conforme o modelo.

Em média, 300 novos modelos chegam às prateleiras da Ótica Center todo mês.

Modelo de negócio

A Ótica Center trabalha com dois modelos de negócios loja física, de fácil gestão:

Smart: Nesse formato é necessário área mínima de 80 m2 e nove funcionários, onde é solicitado investimento inicial de R$ 462 mil, incluso taxa de franquia, taxa de instalação com mobiliários e obras, equipamentos, estoque, além do capital de giro. Em média, o franqueado pode faturar R$ 300 mil, com lucro líquido de 19%, e prazo de retorno estimado em 18 meses.

Turn: Esse modelo é ideal para quem busca trocar de bandeira no negócio, ou seja, já possui empresa estruturada e quer agregar os serviços da Ótica Center. O que difere esse modelo do outro é que por já contar com espaço físico montado, o franqueado terá que desembolsar um valor menor, já que não haverá gastos extras com obras. Esse modelo é solicitado investimento de R$ 362 mil, com faturamento médio mensal de R$ 300 mil, sendo 17% de lucro e em até 18 meses o franqueado consegue alcançar o payback.

Todas as unidades físicas são direcionadas para loja de rua e cautelosamente arquitetadas para serem funcionais, proporcionando uma ótima experiência de compra, além de possuírem seu laboratório próprio para montagem e preparação dos óculos, agilizando ainda mais a confecção dos pedidos e tempo de espera dos clientes. Em caso como os óculos de grau, elas podem levar em média 1 hora para ficarem prontas e serem entregues aos clientes.

Tecnologia aliada ao trabalho do empreendedor

A franquia Ótica Center conta com sistema próprio de gestão onde o franqueado tem uma visão geral da loja e comparativo com a rede franqueada; acompanhamento de vendas; central de comunicados internos; relatórios com métricas de captação e origem de clientes; relatório individual por funcionário; relatórios financeiros (caixa, cobrança, negativação), além de acompanhamento de metas (semanal e diário).

A marca ainda oferece portal de consulta de estoque com possibilidade de realizar pedidos online. “Buscamos constantemente novas ferramentas que auxiliem o desempenho no dia a dia do franqueado. Ainda contamos com a CTUC, uma central de treinamentos próprio técnico e comercial para franqueados e equipes onde é feita capacitação e formação individual de cada função existente nas lojas”, enfatiza Laerte.

Perfil para empreender

Para empreender nesse segmento é necessário ter visão comercial e de gestão; gostar de trabalhar com o varejo, além de disponibilidade parcial para dedicação ao negócio. O franqueado será responsável pela gestão geral da loja e equipe; contratação de novos colaboradores; serviços administrativos da loja, e acompanhamento comercial de toda loja.

Melhores praças

O primeiro suporte dedicado ao franqueado é apoio na busca, avaliação e negociação de ponto comercial, tendo como foco a área central da cidade, devido a grande circulação de transeuntes.

A equipe de expansão ainda oferece desenvolvimento de plano de captação de clientes, montagem visual e merchandising, treinamento próprio técnico e exclusivo para franqueados e toda equipe, consultoria de implantação durante a primeira semana de implantação, além de reuniões semanais com franqueados para avaliar o seu desempenho dentro do negócio, ou seja, um suporte contínuo.

Expansão da franquia

Com um ano no mercado de franchising, a Ótica Center soma 12 unidades franqueadas em cidades como Santo André, São Bernardo, Itapevi, Diadema, Suzano, São Bento, Santo Amaro, Osasco, Campinas, Guarujá, São Vicente, e Guarulhos, todas no estado de São Paulo.

De acordo com Kendi, o modelo de negócio é ideal para cidades acima de 130 mil habitantes. Para este semestre, a marca busca continuar crescendo pelo estado de São Paulo, entre eles, cidades como Jundiaí, Sumaré, Bragança Paulista, Bauru, Americana, Limeira, Pindamonhangaba, Piracicaba, Sorocaba, Tatuí, Caçapava, Hortolândia, Itapecerica da Serra, Santos, Praia Grande, entre outros bairros da Grande SP que tem potencial para receber o negócio, por serem considerados grandes centros comerciais.

A Ótica Center projeta alcançar ao menos mais seis lojas este ano, e encerrar 2022 com 18 unidades. Com um projeto ambicioso, a marca mira como estratégia alcançar 120 unidades até 2027 e um faturamento de R$ 30 milhões.

22 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page